O Batismo e a Purificaçao.

Com o passar do tempo, vi que meu servo estava preparado para o Batismo, para o começo de uma purificação. Aqui colocarei relatos os quais ele mesmo escreveu e finalizarei com minhas palavras.

Pequenino:

Na sexta fui tratado como um cachorro, fui degradado, fui motivo de piada, fiquei emocionalmente destroçado e humilhado, mas por fim comecei meu processo de purificação sempre conduzido pelas mãos sábias e poderosas de minha Dona. Esta foi minha primeira sessão depois que alcancei o posto de Seu escravo ( Ela sabe o quanto tive que me esforçar para merecer ). Logo no inicio tive que ficar de calcinha (Ela me fez ficar o dia todo assim,até no trabalho) sozinho na sauna ligada na temperatura máxima, enquanto minha Dona tomava um banho refrescante ( antes minha Dona esfregou Suas axilas em meu nariz para eu não esquecer Seu cheiro).Para me distrair deixou apenas Seu par de botas e meias usadas durante o dia.

Depois de uns 15 minutos Ela apareceu na janelinha da porta (ouvir a barulho de Seus passos quando Ela calmamente se aproximava foi inesquecível) e começou uma série de jogos psicológicos que me deixou confuso e me fez perder a noção de humanidade que deve existir dentro das pessoas. Numa hora Ela ria debochada e sarcasticamente da minha situação ( de calcinha, suado, de joelhos e usando coleira ), noutra hora Ela me inundava com perguntas me deixando confuso sobre o significado de Sua grandeza e se eu entedia o quanto eu precisaria me purificar antes de poder servi-La adequadamente.Depois me deixava trancado novamente ignorando meus gritos e súplicas para retornar minutos depois exalando sensualidade enquanto bebia uma Smirnov Ice e colocava sensualmente o dedo na boca chupando as gotinhas que deixara cair por entre os lábios. Enquanto fazia isso, Ela ria com superioridade, olhando minha ereção ( que minha Dona insistentemente chamava de patética), com certeza sabendo da nossa infinita diferença de classe e do quanto ridículo e inapropriado era este meu comportamento nesta situação ( Ela estava cada vez mais consciente de Sua DIVINDADE e eu da minha mediocridade). O momento era mágico…continua

Scarlet:

OBS: Então confirmando cada ato acima, declarando que minha axila no rosto dele fazendo ele sentir o cheiro de sua Rainha para não confundir, para saber quem sou eu, quem é sua dona, que quando sentir o cheiro já saberá que estou perto, saberá que ali está sua dona, quis que ele pensasse sobre a purificação, não se ele merecia ou não e sim se ele entenderia todo esse significado..então demorava a compreender e cada vez mais fazia ele pensar sobre, em uma sauna na temperatura máxima o qual coloquei…esquentaria seu pequeno e insignificante neurônio e o faria pensar,

Liquido Sagrado

Scarlet:

Continuação: Então quando vi desesperadamente o entendimento e ansiedade por ser Batizado, coloquei o liquido sagrado da Rainha (minha urina) dentro de uma taça e o entreguei, explicando mais uma vez toda a importância o quão grandioso era esse liquido sagrado, primeiro disse para ele se purificar por dentro que é onde mais ele precisa, e depois por fora para que possa ficar limpo e poder tocar em meus pés, assim ele o fez na minha frente bebeu do Sagrado liquido e depois se banhou.

Deixei ele curtindo aquele momento se ensaboando com minha urina e se limpando, depois ai sim deixei-o tocar em meus pés com suas mãos agora sim limpas, e me fez uma deliciosa massagem, quando não fazia direito a massagem ou se distraía chicoteava-lhe o saco escrotal e ai sim ele fazia direitinho.

Assim foi o Batismo de Pequenino.

3 Respostas to “O Batismo e a Purificaçao.”

  1. pequenino Says:

    Quando finalmente fui libertado pela minha Dona já estava destroçado como homem, só conseguia balbuciar palavras sem nexo diante do Seu olhar penetrante e inquisidor.Por fim, depois de brincar mais um pouco com minha mente, minha Dona me ofereceu Sua urina o qual recebi com as mãos tremulas…primeiro me mandou cheira-La e quando obedeci tudo começou a ficar claro para mim..ali, naquele momento, o copo cheio de urina se transformou, o poder que irridiava dele, toda atmosfera daquela situação na qual minha mente e ego estavam arrasados transformou a urina daquele copo num verdadeiro LIQUIDO SAGRADO, de repente eu passei a compreender o significado de tudo aquilo, sabia que só conseguiria me limpar da todos riquísios de minha vida passada, da minha antiga condição de homem se cheirasse, provasse, banhasse do Liquido Sagrada de minha Dona, que agora havia se tornado minha única e verdadeira DEUSA…minha submissão estava prestes a se completar, eu estava pronto a entregar meus pensamentos, minhas vontades, meus sentimentos àquela MULHER diante de mim…

  2. Mario Tapete Says:

    Relato de dar água na boca…literalmente…rrss

  3. Amnofis Says:

    Lindo, Senhora!!

    E belo o ritual de purificação interior, a dádiva de ter Teu licor dourado a invadir seu corpo, depurando-o, permitindo-o sentir-se Teu. Lindo!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: