Lugar de merda é no vaso!

sanitárioChegamos ainda na garagem o fiz se ajoelhar agradecer pela oportunidade em me servir e o fiz beijar meus pés, beijar o chão que eu piso até o quarto, beijou cada degrau da escada do hotel agradecendo e me idolatrando.

Depois abriu a porta para mim, e entramos, ele ainda de joelhos andando atrás de mim, mandei ele se despir, e disse que o escravo tem de estar nu diante de sua rainha, de corpo e principalmente alma, coloquei-o coleira e disse que ele era meu, que agora estaria em meu domínio e pagaria por seus pecados, pagaria por ter nascido e crescido nesse mundo onde ele só é mais uma criatura inútil e desprezível.

O que mais odeio na humanidade é a mentira, a traição o modo sujo de como as pessoas se satisfazem enganando outras, passando por cima sem ao menos saber se elas concordam com isso, o que eu mais admiro no BDSM é essa transparência, é ser realmente quem você é, (o consensual) é fazer o que o outro concorda em fazer mesmo que na vista de muitos, isso seja um absurdo, isso seja sujo, maltrato ou coisa assim…mas não, isso é muito mais puro do que um relacionamento com mentiras, com essa podridão que vemos nesse mundo.

Então é simplesmente dizer o que sente, mesmo que com isso haja castigo, que não é ruim para quem é masoquista e mesmo quem não é, por ter essa submissão, por querer satisfazer sua Rainha, estar pronto… pronto para aprender a ser alguém, para evoluir, e com isso pelo menos aprender a ser menos sujo, por isso muitas das vezes nós Rainhas comparamos o escravo como uma merda.

E assim disse a ele naquele momento, disse que tinha nojo dele e que ele era uma merda de homem, e perguntei: sabe onde é o lugar de merda? Sabe onde uma merda tem que ficar?…O arrastei até o banheiro, peguei pelos cabelos e enfiei a cara dele no vaso sanitário e disse aqui é lugar de merda!…é no vaso onde eu urino, e para limpar um pouco dessa merda eu vou urinar por cima dela, e assim escorreu entre minhas pernas direto na cabeça dele, o limpando, tirando toda essa podridão dizendo o que é ser Alguém, mostrando o meu Poder, a minha Santidade diante dele, puxei a descarga e disse continue se limpando vai ficar até quando eu achar necessário no banho.

3 Respostas to “Lugar de merda é no vaso!”

  1. Mario Tapete Says:

    Rainha Scarlet, mais uma vez brilhante o seu relato. Suas palavras sobre o Bdsm são bem apropriadas, perfeitas…Agora, felizardo aí do slave hein, testemunha da maravilhosa experiência que é te servir… Um beijão do seu tapete! Mario

  2. pequenino Says:

    Poxa….que inveja…fiquei triste (snif,snif)…rsrs….nossa, que loucura não deve ter sido para este seu servo sentir Seu líquido por sobre sua cabeça…total humilhação,seu ego reduzido a nada…a Senhora sabe o quanto gostaria de estar no lugar dele…

  3. Amnofis Says:

    nossa, Senhora… Que deslumbre!!!
    Que santa generosidade a da Senhora para com ele, adestrá-lo de verdade e fazê-lo vivenciar a essência mais verdadeira e profunda de uma alma sub!

    Muito obrigado por ele, Senhora!!! :-))

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: